Nota Esclarecimento

Diante das informações divulgadas nas redes sociais na data de ontem (13/09), quanto à conduta de atendimento médico no Pronto Socorro, informamos que no dia 08 de setembro, nossa Ouvidoria prontamente realizou abertura de um processo de apuração do caso, diante da reclamação realizada pelos familiares, encaminhando inclusive o relato para o Comitê de Ética Médica para investigação.

Reforçamos que a instituição detém todos serviços e exames quando solicitado por conduta médica (laboratoriais e imagem).

Na ocasião, o responsável pela reclamação junto à ouvidoria, recebeu toda orientação sobre a condução do caso, além disso foi agendado uma reunião com a Presidência da instituição, ocorrida no dia de hoje.

Salientamos que a Ouvidoria é um canal de comunicação aberto a todos os usuários dos serviços oferecidos pela FUSAM, sendo seu principal objetivo, prezar pelo bem-estar dos pacientes, bem como o de seus familiares. E ainda, tem como papel fundamental, servir de base de informação para melhora constante da qualidade dos serviços prestados, identificando se os profissionais da Instituição estão desempenhando suas respectivas funções com responsabilidade, empenho e profissionalismo.

Por fim, nos colocamos a disposição para quaisquer esclarecimentos aos envolvidos, deixando exposto que a administração atende a todo e qualquer pedido médico que esteja de acordo com o grau de complexidade do tratamento, a fim de que o paciente receba o melhor atendimento conduzido pela equipe assistencial.