PRÉ – NATAL E PARTO

Os cuidados no Pré-Parto
É muito importante que toda gestante realize um acompanhamento pré-natal. Além de receber as orientações pertinentes e sanar as dúvidas comuns neste período, é realizada uma série de exames que poderão não só identificar qualquer alteração durante a gestação, como também detectar doenças como a Aids, sífilis, rubéola, hepatite e outras que possam ser transmitidas à gestante e que venham a interferir no crescimento e desenvolvimento do feto.

Cuidados com as higienes corporal e bucal

Além de proporcionar relaxamento, a higiene corporal evita riscos de infecção principalmente a urinária. Não deixe também de escovar os dentes após cada refeição, dando uma atenção especial a qualquer sangramento da gengiva que possa ocorrer devido à sensibilidade.
Alimentação
A alimentação tem um papel fundamental na gestação. Um mito muito forte e que deve ser esquecido é o de que a gestante precisa comer por dois. Este, na verdade, é o momento de deixar de lado o que gosta de comer para colocar em prática o que é necessário comer. Afinal, não há a necessidade de comer por dois e, sim, consumir nutrientes por dois.
O ganho de peso excessivo na gestação pode acarretar no nascimento de bebês muito grandes, diabetes gestacional, aumento da pressão arterial durante a gestação/parto e, em alguns casos, não haver outra opção se não o parto cesariana. Por isso, lembre-se sempre: não é preciso ter quantidade, mas sim qualidade na alimentação.

Cuidados com as mamas
Faça sempre o uso de sutiã, para que os seios estejam sustentados corretamente. O preparo dos mamilos é necessário para que a amamentação seja um sucesso.

Sinais de alerta para procurar seu médico

– Sangramentos;
– Vômitos frequentes;
– Ardência ao urinar;
– Febre alta ou dor de cabeça;
– Inchaço nas pernas e braços;
– Bebê que não se mexe;
– Perda de  líquido.

A escolha do tipo de Parto
O parto normal é reconhecido por médicos como o mais natural e menos invasivo, pois acontece na hora exata em que mãe e filho estão preparados para este momento.

Vantagens do Parto Normal
– A recuperação é rápida;
– Não há dor pós-parto;
– A rápida recuperação deixa a mãe mais tranquila, o que favorece a lactação;
– A alta é também mais rápida, o que possibilita à mãe retomar seus afazeres prontamente.

Infelizmente não são todos os casos que possibilitam a evolução para o parto normal, sendo necessário optar pelo procedimento cirúrgico – a Cesárea. Como toda intervenção cirúrgica, tem os seus riscos e que devem ser assumidos somente quando necessário, ou seja, quando o parto normal não for possível.

Portanto, converse sempre como seu médico, permitindo que seja feita a melhor opção para você e seu bebê.

O que é preciso levar para o Hospital?
– cartão pré-natal da gestante;
– documentos pessoais;
– cartão SUS ou carteirinha do convênio;
– enxoval para o bebê e para a mamãe (camisola não transparente e que facilite a amamentação);
–  artigos de higiene.

Sugestão de Enxoval do bebê
Durante sua estada no hospital, o bebê fará três trocas de roupas:
1ª Troca – após o primeiro banho;
2ª Troca – após o segundo banho que ocorre no dia seguinte ao nascimento;
3ª Troca – dia da alta.

Para cada troca, montar um kit contendo:
– 1 macacão
– 1 conjunto para usar por baixo do macacão – pode ser pagão (calça e casaquinho de malha) ou body ou camisetinha para substituir o casaquinho

Além desse kit para trocar o bebê, também é necessário trazer:
– 1 pacote ou 14 fraldas descartáveis.
– 1 cobertor.
– 1 manta.
– 2 fraldas de pano para proteger do contato com o cobertor.

Não esqueça de trazer ainda peças avulsas para intercorrências, podendo ser no máximo 02 de cada