CUIDADOS COM BEBÊ

O Bebê
Ao nascer, não havendo intercorrências, o recém-nascido fica junto com a mãe até o momento da alta.

Neste período, as mães são orientadas sobre as técnicas de amamentação e higiene do bebê.

É importante saber:
– Toda mulher pode ter leite;
– A maior parte do leite desce no momento em que o bebê suga. Sendo assim , quanto mais o bebê sugar, mais leite será produzido;
– Quando o bebê mama em um peito, o leite também desce no outro. Por isso, você poderá sentir a roupa molhar no peito que não está amamentando o bebê;

– No  período em que a mulher amamenta, a sensibilidade aumenta. Tanto é que o leite pode descer quando a mãe ouve o filho chorar, quando se lembra dele e quando está chegando a hora do bebê querer mamar;
– O bebê deve ser amamentado sempre que ele chorar de fome. É como acontece conosco, comemos normalmente quando sentimos fome;

– Não  há tempo certo para a mamada, pois o bebê fica mamando o tempo que precisar para ficar satisfeito e isso varia de cada criança;
– Na mesma mamada, o bebê pode mamar em único peito ou nos dois para se sentir satisfeito;
– O  leite materno contém tudo o que o bebê precisa. Se você achar que ele está com sede, dê um pouco de leite de peito. O leite de começo do peito tem mais água e vai acalmar a sede do bebê.

O MAIS IMPORTANTE: Bebê que mama no peito não precisa de outro alimento além do leite materno até o 6° mês de vida.

Momento da Alta
Antes de ter alta, o recém-nascido recebe as primeiras doses das vacinas Hepatite B e BCG, além de serem realizados os exames do Reflexo Vermelho (Teste do Olhinho), Teste da Orelhinha e o Teste da Linguinha.

Além disso, ele também sai do hospital com o agendamento do Exame do Pezinho, bem como a Consulta do Projeto Casulo, em uma unidade de saúde de referência no seu bairro.

Amamentação
Ao sair do hospital da FUSAM, a mãe não só recebe orientações sobre o aleitamento materno e cuidado com as mamas, como também é encaminhada para ser atendida no Projeto Casulo, em uma unidade de saúde mais próxima de sua casa.

É normal haver algumas dificuldades durante a amamentação. Por isso, não se desespere. Procure o Programa de Saúde da Família (PSF) de referência no bairro ou recorra ao banco de leite da FUSAM, que estará à disposição para auxiliá-la.

CUIDADOS COM O BEBÊ

Água ou chás – quando o bebê faz uso de leite materno, não é necessário oferecer água ou chá.

Ambiente social

O quarto deverá ser arejado e receber sol da manhã. Evite aproximar-se de pessoas gripadas, muitas visitas, muitos beijinhos. Os passeios são feitos pela manhã até 1° mês de vida. Locais fechados, shopping e supermercados devem ser evitados até 2 anos de vida.

Choro

É o meio mais comum do bebê se comunicar. Sempre que chorar procure ver as seguintes causas: fome, sede, fraldas molhadas, calor, frio, roupas apertadas, má posição na cama, excesso de ruído ou luz ou simplesmente a necessidade da mãe.

Cólicas

Ofereça o aconchego do colo, faça massagens no abdômen para expelir gases. Crianças que são amamentadas raramente tem cólicas.

Espirros e soluços

São comuns. Aparecem quando estão com frio ou molhados.

Evacuações

O número de evacuações varia, podendo ser a cada 2 ou3 dias ou uma evacuação após cada mamada. Fique tranquila, pois uma evacuação mais líquida ou esverdeada não se trata de diarreia. Além disso, é normal a criança gemer ou se espremer em cada evacuação.

Higiene

– Dar banho em chuveirinho ou banheira;

– Secar bem as dobrinhas e o umbigo, mas sem esfregar;

– Usar sabonete neutro o suficiente para ensaboar o bebê;

– Limpar e lavar sempre a região anal após cada evacuação;

– Evitar usar  lenços umedecidos;

– Não usar  talco, pois pioram assaduras e irritam a garganta e os brônquios do bebê.

Higiene Bucal

Enrole gaze limpa em seu dedo indicador, umedeça com água filtrada e faça movimentos circulares em todas as superfícies da boquinha. Não esqueça de limpar a língua.

Ingurgitamento dos seios

 O crescimento dos seios na primeira semana é comum. Não faça massagens e não aperte as mamas.

Narinas

A obstrução nasal é comum em bebês. Pingue de 4 a 5 gotas de soro fisiológico em cada narina antes de cada mamada, caso estejam entupidas.

Roupas

No calor, não usar muita roupa e no inverno agasalhar bem. Evite roupas com botões, faixas e tudo que aperta ou amarre. Evite o uso de lãs.

Umbigo

Ele seca e cai por si mesmo. Até a queda do coto, faça curativo 5 vezes ao dia com álcool 70%. Não use faixa de gaze. Continuar com curativo até a cicatrização completa.

Deixe uma resposta

Or

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *